fbpx

Ômega 3 na infância

Certamente você já ouviu alguém utilizar o termo ‘gordura do bem’ para se referir ao ômega 3. Isso porque já foi comprovado que ele realiza funções importantes para o funcionamento do nosso corpo.

Sabendo dos benefícios do ômega 3 também para as crianças e que sua deficiência pode causar comprometimento no desempenho cognitivo e comportamental, um estudo concluiu que ele tem papel fundamental: para o sistema nervoso central, pois melhora a função cognitiva e o desenvolvimento visual; na saúde cardiovascular, melhorando a pressão arterial; no sistema imunológico, com função de proteger a criança contra alergias na primeira infância. O estudo sugere que essa gordura poliinsaturada pode, inclusive, contribuir para o desempenho intelectual da criança.

Como nosso organismo não é capaz de produzir esse tipo de ácido graxo, precisamos ingeri-lo por meio da alimentação, consumindo principalmente peixes de água fria como salmão, sardinha, bacalhau, atum e sementes de chia, linhaça e nozes, esses alimentos possuem quantidades significativas de ômega 3.

 

Por isso é tão importante a ingestão adequada de ômega 3 durante a gestação, lactação e infância. Quando a ingestão dietética não for suficiente, a suplementação deve ser considerada, desde que sempre com orientação profissional.

 

_

Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo